favicon.png

    TOP 5 COMIDAS NORDESTINAS

    Esta sexta-feira, dia 02 de Agosto, dá início a semana da cultura nordestina. Desde 1993, a data foi instituída pela Lei Nº 8441/SP e marca o aniversário da morte de Luiz Gonzaga, o "Rei do Baião”, uma figura emblemática que se tornou porta-voz da cultura do Nordeste brasileiro (que faleceu em 1989).

    A semana é celebrada por nordestinos e pessoas de outras regiões, sendo essencial para ressaltar toda riqueza cultural inserida no nosso país, seja no âmbito musical, teatral ou gastronômico. Para comemorar, nós da alexandria.ai utilizamos o v-tracker, a ferramenta mais completa de monitoramento e social listening do mercado e criamos o top 5 das receitas nordestinas mais comentadas nas redes sociais com ajuda de inteligência artificial. Tá de dar água na boca! Bora conferir?

    5º LUGAR - BUCHADA DE BODE


    Em 5º lugar, a famosa Buchada de bode (ou apenas buchada, para os mais familiarizados) teve sua origem no Maranhão, com influências da culinária portuguesa. Ela é feita com as entranhas (rins, fígado e vísceras) do bode, lavadas, fervidas, cortadas, temperadas e cozidas em bolsas feitas com o próprio estômago do animal.

    4º LUGAR - CARURU



    O Caruru, típico da culinária baiana, levou o 4º lugar. Com influências de pratos africanos e indígenas. Ele é um cozido de quiabos ou carurus, servido com arroz branco, mariscada, galinha de xinxim, uma bela moqueca de peixe, ou bacalhau e pode acompanhar acarajé ou abará.Nos restaurantes baianos, o Caruru é servido às sextas-feiras e também aos sábados.Tradicionalmente prato o prato é é oferecido ao Orixá Xangô em rituais em candomblé, e devido forte sincretismo, esse prato também é utilizado em um evento religioso católico homenageando seus dois santos São Cosme e São Damião.

    3º LUGAR - BAIÃO DE DOIS



    Chegamos ao TOP 3! De origem cearense, o nome "baião de dois" tem relação direta com a dança Baião, sendo que o numeral refere-se à combinação que é a base do prato: o arroz com feijão. O prato lembra um risotão (mas com aquele toque nordestino)que mistura seus principais ingredientes com queijo coalho, bacon e paio picadinho (algumas versões também levam carne-seca, mas não a original do Ceará).Para fazê-lo, deve-se cozinhar o arroz cru no feijão com caldo já cozido e demais temperos como cebola, tomate, pimentão e especiarias como o coentro e a cebolinha.

    2º LUGAR - VATAPÁ


    Nosso vice-campeão é o Vatapá! Um dos pratos mais emblemáticos da cozinha da Bahia também deixa sua marca em todo o nordeste, como no Pará e Maranhão. A receita é influência da culinária africana, trazida pelos escravos nos navios negreiros, a partir do século XVI. A iguaria que tem por base pão amolecido (ou farinha de trigo) e a que se acrescentam carne de peixe desfiada, camarão fresco, camarão seco e diversos temperos, além de azeite de dendê.

    1º LUGAR - ACARAJÉ


    Um bolinho feito de massa de feijão-fradinho, cebola e sal, e frito em azeite de dendê: esse é resumidamente um pedacinho do céu…. Ou melhor: ACARAJÉ! O prato teve sua origem na culinária africana (é servido como café da manhã na Nigéria), mas no Brasil é considerado uma comida típica da Bahia.No Nordeste brasileiro, é servido com pimenta, camarão seco, caruru e vatapá, sendo relativamente comum a adição de vinagrete. No Candomblé, o acarajé, é uma comida ritual da orixá Iansã. A inteligência artificial do v-tracker nos apontou que mais da metade dos internautas que falam sobre comida nordestina estão falando sobre o Acarajé. CAMPEÃO DISPARADO, né não?



    Que tal curtir a semana experimentando essas receitas? Tem uma para cada dia. Você não vai se arrepender, a gente sabe, rs ;)

    v-tracker: a ferramenta de monitoramento mais completa do mercado.

    Aqui a inteligência artificial é de verdade.